Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hitlist

Se ler é conhecer o desconhecido, escrever é expressar o inexplicável.

Hitlist

Se ler é conhecer o desconhecido, escrever é expressar o inexplicável.

I'M BACK

Hey!!!!! Graças a uma amiga que, de forma muito indireta, me relemebrou que possuo este blog, decidi estar mais ativa! Existem vários conteúdos que irão ser postos regularmente (com 2 a 4 dias de intervalo), pelo que aconselho estarem mais atentas ao  blog e aos novos posts que irão aparecer.

 

Lamento a pausa de um ano e meio no blog, mas o tempo é realmente apertado e eu sou MUITO preguiçosa. Quando tenho um bocadinho de liberdade para fazer algo que gosto, dedico-me às minhas séries, a ler mais uns livros. Ainda por cima, com os exames que se avizinham (História A está a dar-me uma dor de cabeça daquelas!!!) e a pressão da escolha da faculdade e do curso, não sou nada facilitada.

 

All aside, comprometo-me a estar mais presente. Agradeço a vossa dedicação e paciência em ler os meus postos. Love you <3

Livros para ler no Natal

Obviamente, também existem livros que decorrem nesta época natalícia. Nem todos são giros, mas estes dois posso vos, pessoalmente, recomendar, pois já os li. Infelizmente, nenhum deles ainda está traduzido para a nossa língua materna, pelo que coloco os links dos livros em inglês.

 

- Kissing Under The Mistletoe, Bella Andre

http://d.gr-assets.com/books/1377022053l/17558773.jpg

 

Este livro pertence à coleção "Os Sullivans" ("The Sullivans" em inglês) da escritora Bella Andre. Bem, é composta por mais de 10 livros, que relatam as histórias de vários membros desta família, 8 irmãos (Chase, Marcus, Gabe, Sophie, Zach, Ryan, Smith, Lori). Kissing Under The Mistletoe é o nono livro, sendo o mais diferente de todos, pois conta-nos, através de uma analepse, a história de amor entre a mãe dos 8 filhos, Mary Sullivan, e o marido/pai que morreu muito cedo. Após este, ainda existem mais 5 livros (amigos, primos). Para completar este série, falta-me os dois últimos, brevemente. Algo a não perder!!!!

(iTunesAmazon / Godreads)

 

- A Season For Hope, Sarra Cannon

http://d.gr-assets.com/books/1382103090l/18106973.jpg

 

Esta obra também pertence a uma série, "Fairhope", composta por 4 livros. Este é o terceiro e relata o romance de Bailey (com quem Preston termina a relação, logo no início) com Judd. Será que ela irá recuperar toda a magia desta época tão excitante? É ler para ver!

(iTunesAmazon / Godreads)

 

http://31.media.tumblr.com/41acf063382ac01dcbea2949c9a4e5b4/tumblr_mrs5619SE01qdm00io1_500.gif

Compra do meu livro

Página Chiado Editora de Não Desistas.PNG

 

Meus amores, hoje anuncio-vos e apresento-vos o link para poderem adquirir o meu livro no site da Chiado Editora. Claro que se o pretenderem comprar através de mim, podem (e devem) mandar-me mensagem para este email (bloghitlist@gmail.com), o facebook do livro ou até mesmo o meu instagram, caso queiram com dedicatória e autógrafo. No entanto, se comprarem pelo site, também me avisem para os mesmos sítios (email, facebook, instagram) se quiserem com a dedicatória e autógrafo, que terei todo o gosto de o fazer.

Venda #1

Já alguma vez vos aconteceu comprar alguma coisa que depois se arrepederam? Bem, a mim é muito frequente isso se suceder. E à minha irmã também. A pedido dela, trago-vos aqui dois pares de sapatos super giros que ela raramente utilizou a preços acessiveis.

 

- Sapatos de Salto Alto Camel número 36

 

Sapatos de Salto Alto Camel.jpgSapatos de Salto Alto Camel 1.jpg

 

Estes posso vos dizer, com toda a certeza, que ela nunca os utilizou. Estão novos tal como se tivessem sido comprados ontem. Se me servissem, eu até ficava com eles, pois adoro-os. O preço que estou a pedir é de 20€ (nada comparado ao preço pelo qual foram adquiridos).

 

- Sapatos de Salto Baixo Castanho número 37

 

Sapatos de Salto Baixo Castanho.jpgSapatos de Salto Baixo Castanho 1.jpg

 

 Acho que este par ela já utilizou algumas vezes, mas poucas. O preço é de 15€.

 

Quem estiver interessado, pode comentar esta publicação com o seu email, ou pode enviar logo um email para bloghitlist@gmail.com

 

A este valor, acrescentam os portes de envio. Caso seja na área de Lisboa, podem ser entregues em mão.

 

Não percam estas oportunidades!

 

Booklist #1

Sendo quinta feira, hoje é dia de estreia de booklist e, por isso, deixo-vos aqui duas sugestões de livros para lerem.

 

http://fotos.sapo.pt/tEe9jbPvGlZTIZ3recIw/500x500

1. O Dia Em Que Te Esqueci de Margarida Rebelo Pinto

Este livro é uma longa carta de amor e, ao mesmo tempo, de despedida, dirigida a um grande amor. Ao longo desta obra, vamos conhecendo a vida de uma personagem feminina que nos revela como foi a sua vida após ter conhecido um homem que amou muito e por quem também sofreu na sua vida. Sente necessidade de lhe escrever uma carta como forma de desabafo, como forma de ficar em paz consigo própria para ter a certeza que nada ficou por dizer. Um dos pormenores que quero desmestificar é que, realmente, ficamos a saber qual foi o momento que se esqueceu dele.

 

Uma das conclusões a que chegamos com esta obra é que não se consegue amar alguém quando o coração está ocupado por outra pessoa e, principalmente, quando percebemos que também não vale a pena pensar que temos de a esquecer. Por vezes, pensamos assim, mas não temos coragem nem vontade de o fazer. No fim, percebemos aquilo que realmente é, um grande amor, quando aparece, com naturalidade, e esse acabará por curar todas as feridas que restavam. Enfim, uma obra super emocional, uma das minhas favoritas. Uma coisa que adoro é que existem várias expressões e frases que todos nos conseguimos identificar. Deixo aqui, em baixo, algumas:

 

- “Isso faz com que fales com profundidade das mais belas coisas da mesma forma que evitas assuntos que te sejam difíceis ou delicados.”

- “É estranho, não é? Sempre gostei de coisas complicadas. Ouviste-me dizer muitas vezes que a minha vida só é fácil quando tenho objetivos difíceis.”

- “É quando já não esperamos nada das pessoas que elas morrem no nosso coração, lembras-te? Mas agora é diferente. Agora já não espero nada de ti.”

- “Porque não tens nada para dar. Nem a mim, nem a ninguém. Há muito tempo que o teu coração se fechou para o amor incondicional.”

- “Que ironia chamares-me de tsunami, quando és tu quem provoca sempre estragos!”

- “Quantas e quantas vezes as pessoas usam o verbo conseguir de forma errada! Quando eu dizia que não te conseguia esquecer, a verdade é que não queria esquecer-te.”

- “Em vão dizia a mim mesma que distância não é ausência, sabendo que me agarrava a esse chavão como um náufrago a uma bóia vazia.”

- “E o mais importante não é aquilo que vivemos, mais aquilo que acreditamos.”

- “A vida é ter coragem para ouvir um «não» e ter a segurança para receber uma crítica mesmo que injusta.”

 

https://www.leyaonline.com/fotos/produtos/500_9789892325811_escolhi_viver.jpg

2. Escolhi Viver, de Elizabeth Smart

Deste livro, fala apenas um pouco, porque é, de facto, um dos mais dolorosos que já li. Elizabeth relata o seu cativeiro durante 9 meses, com duas das pessoas mais nojentas que já soube que existiram. Não aprofundo muito, pois sei que é um assunto sensível (e devido a isso, devemos mesmo falar), porém o que me choca mais é a religião.

 

Eu não sou católica, nem de nenhuma religião, pois não acredito em nada disso. Contudo, ultimamente, todos temos de admitir que paira uma grande nuvem negra sobre todos esses assuntos. Quer dizer, com os padres a violar crianças, na Igreja Católica, com os muçulmanos a tornarem-se terroristas em nome de Alá é difícil distinguir o bem. No que me diz respeito, não acredito que ma religião dite o bem ou o mal, o Homem é livre de fazer as suas escolhas e as interpretações que começam a haver de documentos sagrados (seja sobre que for) são assutadoras, já para não dizer aterrorizantes. Falo disto porque, no caso deste rapto, foi um casal que acreditava que Deus os tinha destinado "a tirar a vida a 7 virgens". Eles tiraram-na da sua família, maltraram-na, violaram-na e fizeram-na sentir-se a pessoa mais inferior deste mundo. Não há nada que pague o preço da liberdade e da auto-estima de uma criança de apenas 14 anos. Elizabeth não tinha feito nada de errado ou mal.

 

Concluindo, aconselho a ler quem tem estômago "forte", caso contrário, não o façam.

"O Lobo" de Lorenzo Carcaterra - O Terrorismo

https://1.bp.blogspot.com/-8Uc_48MTZYk/VZ6ZAbYqatI/AAAAAAAAE2g/tzzi02qb4tw/s1600/O%2Blobo.jpg

 

O livro que li, mais recentemente, foi O Lobo de um grande autor, Lorenzo Carcaterra. Lorenzo nasceu em Nova Iorque, no ano de 1954. Já tem mais de 20 anos de carreira na escrita (pouquitos). É mais conhecido por ter sido o autor do livro Sleepers, que deu origem ao filme com o mesmo nome. Neste filme, participam vários atores conhecidos, como Kevin Bacon, Robert De Niro, Brad Pitt. O Lobo é o seu último romance publicado.

 

Comprei este livro com o propósito de o apresentar em Português, apenas como suporte ao tema principal do livro, o terrorismo. No entanto, mudei de ideias e foquei-me mais na história em si, devido à sua fascinante trama que me cativou desde a primeira página.

 

Bem, no prólogo (a minha parte favorita do livro), é nos descrita uma situação em que está presente Ali Ben Bashir. Achei bastante interessante o ponto de vista dos muçulmanos (visto muitas vezes não pararmos sequer para pensar no seu lado), em que é explicitado a discriminação a que são sujeitos apenas por serem daquela determinada religião. O seu pai, antes de morrer, diz-lhe que o único arrependimento que teve em toda a sua vida foi "Não ter desistido da vida em nome de Alá". Catorze meses depois da sua morte, Bashir explode-se numa rua em Itália, matando centenas de inocentes. A forma frágil como é contada esta parte é deveras surpreendente. Pessoalmente, cheguei uma conclusão, (que não é assim tão conclusiva). A culpa, tecnicamente, não foi de Ali, pois o seu desejo mais forte, na minha opinião, seria o de honrar o seu pai e não dar a sua "carne" em nome de Alá. Mas também não podemos afirmar que o seu pai é o culpado, uma vez que este foi educado pelo seu pai e so on, so on. Então de quem é a responsabilidade? Acredito que não existe nenhum veredicto em relação a isso e talvez nunca haja. Também não é por isso que devemos deixar de os responsabilizar. O que quero dizer é que nem todos os muçulmanos são assim (só a maioria, just kidding), logo não é justificável existir diferenças no comportamento social perante eles. Agora não se enganem, quanto aos terroristas, o seu main goal é se matar e levar o maior número de inocentes possível.

 

A história revolve à volta de Vicent O Lobo Marelli, chefe das "Nações Unidas do Crime", e o seu objetivo de se vingar dos terroristas por terem morto, num ataque bombista em pleno voo, a sua mulher e as filhas. Ele vai ter o apoio de várias personalidades, ligadas ao seu sindicato do crime, de todas as partes do mundo (Angela Janetti, filha de Vittorio Jannetti, responsável em Itália, e antiga paixão de Vicent; Big Mike Paleokrassas, líder do sindicato grego e outros mais).

 

Ora, Marelli descobre um terrorista que pode estar ligado ao atentado da sua família, cujo nome é Raza. Se querem que vos diga, esta é capaz de ser a personagem mais intrigante do livro. É o mais cruel, que apenas está neste "negócio" para provocar medo. Esta é uma descrição feita de Raza na obra: “um homem que matava não por motivos religiosos nem zelo patriótico mas pelo puro prazer de levar o horror à vida dos outros”. O seu plano é realizar dois atentados, um no Vaticano e outro em Florença. O que me choca é o facto de, sendo um grande apreciador de Arte, pretende destruir obras que o próprio ama (de Miguel Ângelo e de outros artistas prestigiados). O seu objetivo é a devastação da população por perder algum tão belo, tal como no 11 de setembro, as Torres Gémeas, e lembrarem-se do seu nome por ter "alcançado" isso. Um motivo de orgulho para ele! Outra fala de Raza impressionante é “quero vê-la. Ver a explosão e esperar pelos gritos de pânico. Será nesse momento que o nosso inimigo vai compreender o que significa viver e sofrer, como as nossas famílias têm vivido e sofrido. É isso que quero ver, e é por isso que vou ficar entre eles. Quero sentir o peso da sua dor".

 

Além disso, e se acham que o enredo acaba, por aqui, esqueçam! Na reta final deste romance, o Lobo descobre que, afinal quem arquitetou o ataque à sua família não veio de nenhum terrorista, mas, sim, de um membro prestigiado da sua organização, alguém próximo de uma certa personagem que ele pode ter desenvolvido sentimentos outra vez (talvez, uma poderosa italiana).

 

Aconselho vivamente à leitura desta obra, pois é interessante, detalhada e fala-nos de temas que, realmente, interessam à nossa sociedade, nos dias de hoje!

Lançamento do meu livro "Não Desistas"

poster.jpg

 

Tenho uma novidade super excitante para partilhar com vocês. O lançamento do meu livro, "Não Desistas", terá lugar no dia 5 de dezembro (tão perto!!!!), no Museu de Alverca, pelas 16:30. Quem quiser que apareça por lá, atura-me durante o bocadinho (e à minha convidada especial, a melhor irmã do mundo, a Catarina), pode adquirir o livro e eu irei assiná-lo com todo o gosto (tenho MESMO de treinar os meus autógrafos, nunca dei nenhum na vida)! O link do evento fica aqui, para poderem dar uma espreitadelazinha!

 

Honestamente, ainda nem acredito que vou publicar este livro. Parece ainda um sonho, muito longe, quando, na realidade, já está quase. Tem sido uma experiência incomparável, não consigo arranjar palavras suficientes para expressar o orgulho e felicidade que sinto. Garanto que não existem sentimentos no Mundo capazes de explicar a realização que é ter uma coisa tão valiosa para nós partilhada com outras pessoas. Na minha opinião, é dar um pouco de nós aos outros, não só a conhecer, mas também uma parte significativa nossa.

 

Quando comecei a escrever esta história, nunca pensei que a fosse terminar. Todos nós sabemos que iniciar é fácil, porém acabar quase nunca o fazemos. Pensei que chegasse a uma altura que me sentisse farta ou cansada de continuar, mas isso não aconteceu. Dei por mim, em junho, a adiar escrever, pois, por um lado, queria acabar, mas por outro não queria (um pouco bipolar, eu sei). Enfim, lá terminei (no geral, como tinha planeado) e decidi enviar a uma editora, a Chiado Editora. Óbvio que nunca acreditei que fossem responder, quanto mais fazer-me uma proposta de edição. Dia 4 de agosto assinei contrato com eles e pronto, foi assim que nasceu o processo de publicação (que eu adorei, mesmo que trabalhoso).

 

Escrever, para mim, é uma terapia, uma forma de aliviar e pôr tudo o que sinto "cá para fora". Sinto-me sortuda por poder apresentar às pessoas um projeto cheio de trabalho, dedicação, esforço, carinho. Revejo-me tanto nas personalidades e atitudes das personagens deste livro, que para mim, são tão reais e vivas, como se existissem no real. Aprendi imenso com elas e posso dizer que me mudaram de uma maneira muito especial.

 

Mais uma vez, convido-vos a juntarem-se a mim neste dia tão importante e feliz! Fico à tua espera! Quem quiser que eu lhe envie o convite digital, que me mande um email para bloghitlist@gmail.com.

 

Obrigada!!!!!!!!!!!!!

That's Me Right There

Olá a todos! Eu sou a Joana, tenho 16 anos e sou estudante de 11ºano no curso de Línguas e Humanidades. Atualmente, estou no processo de publicação do meu primeiro livro, um romance entitulado Não Desistas, cujo lançamento está para breve (hint: Dezembro). Podem acessar o facebook do livro aqui ou na barra lateral do Hitlist. Tenho uma enorme paixão por livros e séries (sigo, aproximadamente, 10 séries por semana) e adoro escrever.

 

Em primeiro lugar, quero explicar a razão de ter dado o nome ao blog de Hitlist, apesar de não ter um significado assim tão especial. Este foi o nome de um musical produzido na segunda temporada de uma série televisiva chamada Smash, que eu sou fã (infelizmente, já acabou, mas aconselho todos a vê-la). Foi o nome que ficou na minha cabeça e quando decidi começar este projeto, achei que seria adequado.

 

Em segundo lugar, o conteúdo do blog vai ser muito variado (livros, séries, moda, filmes, política, desabafos, atualidade, escola), logo não há desculpa para não o visitarem. Aceito também sugestões para temas que queiram que escreva ou dê a minha opinião, questões, dúvidas. Podem enviá-las para este email: bloghitlist@gmail.com e tentarei responder o mais rápido possível.

 

Em último lugar (sem vos chatear mais), agradeço já todo o apoio e a paciência de todas as pessoas que lerem este blog e, mais uma vez, quero que saibam que podem (e devem) sempre enviar mensagem ou email, seja com feedback positivo ou negativo, sugestões e até mesmo se precisarem de falar para este email.

 

Podem visitar o meu instagram @msjoanasalvador e talvez, brevemente, crie snapchat próprio do blog.

 

Espero que gostem e se divirtam!

Mais sobre mim

foto do autor

O meu livro Não Desistas

Facebook / Comprar

Parcerias

Loja Sexto Sentido A Hitlist dá-te um desconto de 10% em qualquer compra feita na Loja Sexto Sentido! Utiliza o código JoanaS10 e tem direito a essa promoção!

Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D