Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Hitlist

Se ler é conhecer o desconhecido, escrever é expressar o inexplicável.

Hitlist

Se ler é conhecer o desconhecido, escrever é expressar o inexplicável.

Casamento e filhos

Eu sou uma daquelas pessoas que pensa muito no futuro. Passo, sem exagero, maior parte do dia a tentar imaginar tudo o que acontecerá, seja uma nota de um teste que fiz e ainda não recebi ou uma resposta a um mensagem que enviei. Weird, right? Pergunto-me se é um hábito saudável.

 

Anyway, casar não está nos meus planos, o que não considero chocante, visto não ser católica ou acreditar em Deus, logo é kinda normal. Porém quando digo que não quero ter filhos, ui! Nem imaginam as reações que provoca. Quase que sou agredida por ter essa opinião!

 

Não compreendo de todo qual é o grande problema. Eu sei que não possuo um instinto maternal e aceito isso, aliás, pouco diferença me faz. Atenção, eu adoro bebés e crianças, acho que são as coisas mais lindas do mundo (perguntem a quem me conhece se não me rio para uma criança no meio da rua, a lot creepy). Não querer ter filhos não signifca que os odeie, apesar de toda a gente pensar assim.

 

Quando reflito sobre o meu futuro, o que sinto ter mais relevância é a minha carreira. A fazer algo que eu adoro e que contribua para que as pessoas riem, chorem, sintam. Outra coisa que surpreende todos é não achar que haja um companheiro, nesta imagem que pinto, seja marido ou namorado. E não, não é porque já me partiram o coração (nunca estive apaixonada por alguém) ou por ter uma pedra de gelo no seu lugar (sou super sentimental, choro por qualquer coisinha). Simplesmente, não acho indispensável a sua existência. Também por que razão iria construir a minha felicidade à volta de outra pessoa?

 

Odeio de morte as pessoas que dizem não conseguir viver sem alguém. Por amor de Deus, se for preciso, na semana seguinte (para não ser tão negativa, no mês a seguir), já estão a repetir essas mesmas palavras a outra pessoa. Que ridículo! Já para não falar que creio que se consegue viver enquanto respirármos (less drama please).

 

Depois, ainda existem aquelas pessoas que dizem "Ainda vais mudar de opinião!". Olha, eu podia dizer a mesma coisa. Como sabem que querem ter filhos? Por que é que é válido quando querem, mas deixa de ser quando não querem? Let's be honest, que falta de coerência!

 

Para terminar, só me resta dizer que logo se vê e admito que até posso mudar de ideias (caso seja um acidente, just kidding... or not). Desmente que o faça por minha vontade e em prol do meu contentamento.

Mais sobre mim

foto do autor

O meu livro Não Desistas

Facebook / Comprar

Visitas

Parcerias

Loja Sexto Sentido A Hitlist dá-te um desconto de 10% em qualquer compra feita na Loja Sexto Sentido! Utiliza o código JoanaS10 e tem direito a essa promoção!

Calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D