Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Hitlist

Se ler é conhecer o desconhecido, escrever é expressar o inexplicável.

Hitlist

Se ler é conhecer o desconhecido, escrever é expressar o inexplicável.

Algumas dicas infalíveis na organização da vida escolar com a social

Com o começo de um novo ano letivo, todos nós, estudantes, passamos pela, que eu gosto de designar, prédepressão escolar. Não nos vamos enganar, sabemos que não vamos ter tempo para fazer nada do que gostamos. “Que novidade!” Deves estar a pensar exatamente isso ao ler este post, correto? Mas e, se eu dissesse que o começo da escola não tem que, necessariamente, significar que não tenhas tempo para fazeres o que queres? Ah, agora que de certeza chamei a tua atenção, revelarei, aqui no Hitlist, alguns truques para que consigas, durante as aulas, “criar” tempo para as chamadas “atividades não escolares” , sem danificar os teus resultados e até mesmo melhorá-los. Por isso, lê com muita atenção.

 

1. Faz o teu próprio horário. É muito importante que faças um horário que inclua todas as horas do teu dia, por exemplo, se te levantas às 7:00 e deitas-te às 23:00, discrimina cada hora, das 7:00 às 8:00, das 8:00 às 9:00, até à das 22:00 às 23:00. É muito importante que tenhas, no mínimo, 8 horas de descanso para teres um melhor rendimento e mais energia. Como já deves ter notado (ou se não, eu faço as contas por ti), o teu dia tem, sensivelmente, 16 horas. Cerca de 10 dessas 16 horas, provavelmente, serão ocupadas com a escola. Resta-nos, então, 6 horas. Estas 6 horas serão muito preciosas, pois são aquelas em que poderás organizar o tempo da forma como preferires. O meu conselho é retirares 2, em que podes rever a matéria, veres o que não percebeste para, posteriormente, esclareceres eventuais dúvidas, fazer trabalhos de casa, enfim, tudo que tenha a ver com a escola. Já reparaste que tens 4 horas inteiras para fazeres o que bem te apetece? Passar tempo com os teus amigos, ver televisão, jogar no computador, atualizar as redes sociais. Resumindo, o importante é que, se conseguires organizar o teu dia, terás muito tempo livre para o que gostas de fazer e, enquanto estudas, tens um objetivo para quando acabares de o fazer.

 

2. Tem uma agenda. Pessoalmente, eu tenho um caderno, a que chamo agenda, porém tem um detalhe particular. Não é diária, mas sim, semanal. Quando tens numa página, tudo o que tens de fazer, avaliações e eventos dessa semana, tens uma ideia mais acertada do que precisas, obrigatoriamente, de realizar e estudar. Se tens um teste numa sexta, é importante saberes que deves estudar nos dias anteriores. Também evita-se os esquecimentos, pois terás um panorama geral da tua semana inteira.

 

3. Faz resumos. É impossível estudar as 120 páginas lecionadas em aula pelo professor e asseguro-te que não funciona, pois só estarás a perder tempo. Resume a matéria, incluindo as ideias principais e importantes que tens de saber para a prova. Não te limites ao manual da disciplina, junta várias fontes: o que o professor diz na aula, procura na internet, pede a amigos outras perspetivas do mesmo assunto. Dessa forma, terás um resumo concentrado, em que estudarás apenas o necessário, permitindo-te que o faças mais profundamente. Em vez de leres 2 vezes, as 120 páginas, poderás ler 10 vezes, as 30 páginas de resumo.

 

4. Estuda durante todo o ano e não apenas quando tens testes. Se te fores preparando enquanto aprenderes a matéria, quando chegar a altura da prova, não terás que te esforçar tanto para tirar uma boa nota. Atrevo-me a dizer que apenas precisarás de rever a matéria, pois já a sabias previamente. Já para não falar que não tens de te preocupar de errar se o professor te perguntar alguma coisa na aula. Vais surpreender-te com os resultados que esta dica tem.

 

5. Incluí intervalos no teu estudo. Ao fazeres o teu horário, acrescenta pausas durante o teu estudo. Ao fim de estudares 1 hora, para durante 5/10 minutos para poderes descansar e relaxar um pouco, verifica as tuas mensagens e come qualquer coisa, de forma, a que quando voltes ao estudo, tenhas “espaço” no teu cérebro para mais informações. Vais ver que terás mais paciência para terminares.

 

6. Organiza o teu fim de semana. Os fins de semana são para descansar. No entanto, são importantes para estudar, principalmente, quando tens testes na semana seguinte ou de entregar aquele trabalho gigantesco. Tira umas horinhas do teu fim de semana para te dedicares a essas tarefas, de preferência, o mais cedo possível, pois pensarás no que poderás fazer quando acabares de as realizar. Destaco que isto não é sinónimo de que não podes relaxar, pelo contrário, aconselho-te a veres uma série ou um filme, saíres com os teus amigos, ouvires música e passar tempo no computador.

 

7. Foca-te no futuro. Muitas das vezes, nós, adolescentes, preocupamo-nos demasiado com o presente, em dramas e histórias que não interessam, literalmente, para nada. Eu sou uma pessoa que tem objetivos e, ao tê-los definidos, dedico-me a fazer tudo para os concretizar. Pensa a longo prazo. Sacrifica uma saída para estudares para uma prova, pois quando tiveres o teu emprego e a tua casa, podes sair quando te quiseres e bem te apetecer, sem te preocupares. Lembra-te que para alcançares tudo o que desejas na vida é necessário esforço e trabalho. A escola é uma ferramenta indispensável. Foca-te no futuro até poderes chegar a um ponto na tua vida a que apenas tenhas de te importar com o presente.

 

8. As sensações visuais fazem a diferença. Este oitavo conselho é o mais fútil de todos, mas garanto-te que contribui também para bons resultados na escola. Compra apenas o material escolar que te agrada e achares bonito, pois terás mais vontade de estudar se for num caderno com uma capa florida gira do que num caderno de capa preta feio. Um exemplo mais dirigido às raparigas, mas também serve para os rapazes.

 

9. Arranja um ponto que gostes em todas as disciplinas. Pesquisa e tenta encontrar algum assunto considerado interessante por ti numa disciplina. Estarás a tornar uma disciplina mais atrativa e, nas aulas, quase de certeza que ficarás mais atento ao que for lecionado. É melhor estudares uma coisa que achas interessante, pois sentirás que estás a passar tempo a fazer o que gostas e fixarás o que precisas de saber mais facilmente.

 

10. Mantém uma atitude positiva. Não te deixes abalar por uma nota pior. Não adotes uma posição de “não consigo”. Se te esforçaste, não fiques chateado. Todos temos momentos piores e dias maus. Por mais que tentes, não existe perfeição. A ideia de ter excelentes resultados e ser boa em tudo assombra-me, mas ao fazer isso apenas estou a cansar-me a mim mesma. Não sejas “mau” contigo mesmo, nem ponhas expectativas em ti altas demais. Acredita que consegues alcançar tudo o que queres, todo o teu esforço e trabalho será recompensado, seja mais cedo ou mais tarde. Relaxa, uma má nota não é o fim do mundo.

 

Posso garantir que estas dicas, realmente, funcionam. Não percas tempo e começa já a adotá-las. Não precisas de as realizar a todas de só uma vez, tenta, pelo menos, seguir uma ou duas. Vais ver que as tuas notas e o teu tempo irão aumentar!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

O meu livro Não Desistas

Facebook / Comprar

Visitas

Parcerias

Loja Sexto Sentido A Hitlist dá-te um desconto de 10% em qualquer compra feita na Loja Sexto Sentido! Utiliza o código JoanaS10 e tem direito a essa promoção!

Calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D